segunda-feira, 2 de março de 2015

Qual a madeira certa para meu Deck?

Geralmente utilizado em áreas como ofurôs, piscinas e churrasqueiras, o Deck de Madeira vem ganhando notoriedade entre os mais diversos ambientes como sacadas, salas e áreas de encontros.
Decks em Curitiba - Itaúba - Ipê - Cumaru - Pinus  

O Brasil possui uma grande variedade de madeiras, a escolha da madeira ideal para seu deck de madeira pode se tornar uma tarefa difícil e às vezes confusa, dado os inúmeros palpites de profissionais e pessoas que supostamente entendem sobre o assunto. Existem casos de pessoas que caíram em palpites errados, alem do arrependimento a frustração por ter adquirido um produto que não supre suas necessidade..


Como comprar um deck de madeira?
Quando se perguntar qual madeira adquirir, a dica é observar o ambiente onde será instalado, as condições do local, se é aberto, bate sol, chuva e a intensidade a qual vai ser utilizado o seu deck de madeira. Tal escolha pode ser pautada pelo efeito estético, mas também levando em consideração custo x benefício.

As madeiras mais utilizadas e que possuem maior durabilidade, devido a densidade são as seguintes:

Cumarú - Densidade de massa (r): 
 Aparente a 15% de umidade: 1090 kg/m³ 
 Básica (rbásica): 908 kg/m³

Ipê - Densidade de massa (r): 
 Aparente a 15% de umidade: 1010 kg/m³ 
 Básica (rbásica): 840 kg/m³


Itaúba - Densidade de massa (r): 
 Aparente a 15% de umidade: 960 kg/m³ 
 Básica (rbásica): 800 kg/m³

Essas madeiras tem alta resistência ao ataque de fungos apodrecedores e cupins e são consideradas com durabilidade muito alta, vale a pena investir em madeiras nobres em seu deck, madeiras com alta densidade.

Quanto a Instalação do deck?
Na instalação do Deck devem ser seguidas as orientações do fornecedor e observar as garantias oferecidas e os procedimentos para execução da obra. Uma cadeia de abastecimento que atenda a essas especificações e por esse motivo é importante procurar por empresas idôneas que tenham um nome a zelar e evite profissionais “Freelancer”, o erro mais comum é o “profissional” não obedecer as necessidades do deck de madeira de dilatação tanto positiva quanto negativa não deixando os espaços necessários para dilatação. 


E a madeira certa?
No deck de madeira certifique-se da origem do material, se ele obedece as técnicas de manejo sustentáveis, se o deck de madeira foi beneficiado e greadeado da maneira correta visando a secagem homogênia e a qualidade dessa madeira.
E por fim busque sempre uma empresa que atenda as suas necessidades e desejos.

Maicon Barros Ramos - Formado em Tecnologia da Informação e graduando em Engenharia de Produção.


Um comentário: